Categorias
artigos biologia

O tardibot

Eu trabalho com bichos fascinantes. Briozoários, braquiópodes, nemertíneos, priapúlidos, equinodermos, acelomorfos, entre outros! Mas apesar de esplêndidos eles são pouco conhecidos. Talvez por serem minúsculos, ou talvez por serem difíceis de encontrar, eles acabam no anonimato.

Mas o carisma deles é tanto que de tempos em tempos um ou outro acaba virando celebridade. Começam como curiosidades em blogs, viram personagens em tirinhas, até se eternizarem como memes nas redes sociais. Eu acho demais quando aparecem em obras de arte e na cultura pop.

Esse foi o caso dos tardígrados, aqueles animais que sobrevivem temperaturas extremas no vácuo do espaço sideral. Simpáticos, eles largaram a etiqueta de obscuros para se tornarem grandes notáveis da internet.

image
A popularidade dos tardígrados está no pico. Fonte: Google Ngram Viewer

Enfim. Estava lá eu lendo o livro Agency (continuação do The Peripheral) do William Gibson, um dos meu escritores de ficção científica favoritos, quando encontrei a citação abaixo:

Now her tardibot answered the blue door, like an eight-legged raccoon in a small antique biohazard suit, its head an unpleasantly folded foreskin-like affair, with a central toothy ring of what he took to be mirror-polished steel. It seemed to peer up at him, however eyelessly.

Agency by William Gibson

Estupefato, soube exatamente do que se tratava. Tá certo, o nome entrega, tardibot não poderia ser mais explícito. Mas a citação é praticamente uma descrição da imagem mais famosa dos tardígrados na internet:

Tardibot
Image Credit & Copyright: Nicole Ottawa & Oliver Meckes / Eye of Science / Science Source Images / From Astronomy Picture of the Day

Espero que mais invertebrados extraordinários alcancem o merecido prestígio e ocupem mais e mais espaço nos livros, filmes e séries por aí.

Categorias
ciência notas

#30M

#30M

A ciência brasileira é feita nas universidades públicas.

São nelas que se produz conhecimento.

Estas descobertas são compartilhadas e ficam disponíveis à toda sociedade.

Criando a base para ideias empreendedoras e geração de novas tecnologias.

Investimento público em ciência = desenvolvimento para todos.

Reduzir verba e salário de pesquisadores vai estagnar a ciência e o desenvolvimento do país.